VÁ PARA ESSE BLOG

22 de dezembro de 2011


Para aproveitar o verão até o fim (mesmo menstruada!)

Menstruar é um saco. E ninguém é capaz de negar isso (alguém se habilita?). Mas pior que ficar menstruada é parar a vida por causa disso. Praia? Não posso. Clube? Não posso. Academia? Não posso. Calça justa? Não posso.
Quando eu fiquei menstruada (eu tinha 12 anos) eu jurei para mim mesma que nunca, nunca, ia deixar aquilo me atrapalhar. Achava menstruar uma coisa meio animal, meio mulher das cavernas, antigo demais e pensei: estamos entrando no século 21, deve ter soluções modernas e tecnológicas para amenizar esse tormento.
E aí eu descobri que tem. Como está calor, os dias estão lindos e ainda tem muito tempo de praia e piscina pela frente, acho que vale dividir mais uma vez os segredos da felicidade com vocês:
1. Primeiro e mais importante: absorvente interno. Ele não marca a roupa, não vaza nunca, é higiênico (você não fica suja e não fica com nenhum cheirinho), discreto para levar na bolsa ou até no bolso, e, acredite, é muito, muito confortável (a gente até esquece que está usando!). Pode ser difícil colocar nas primeiras vezes, mas não desista. Ele pode mudar a sua vida!! E, sim, meninas virgens também podem usar 
2. Pílula anticoncepcional. Se você tem o ciclo muito irregular, pode procurar um médico para ver se a pílula não poderia ser uma solução para você. Ela deixa o seu ciclo regulado como um relojinho: é possível saber exatamente que dia da semana você vai menstruar. Melhor: dá pra controlar para que você sempre fique menstruada em uma segunda-feira (imagine que alegria!). Para as meninas que já transam, nem precisa dizer que ela ainda tem a grande vantagem de prevenir contra a gravidez.
3. Lencinhos umedecidos. Chega o fim do dia e você está se sentindo um lixo, meio suja, meio fedida, meio incomodada com tudo. Um lencinho desses na bolsa resolve metade dos problemas. Parece que você tomou banho. E rola emendar um programa com as amigas com muito mais energia.
Ainda existem outras opções para parar de verdade de menstruar (todas elas envolvem hormônios, por isso é fundamental falar com um médico), mas, vou falar: se você abraçar um desses truques aí de cima já vai sentir uma mudança drástica na sua qualidade de vida.


0

5 dicas para o esmalte durar mais nas férias!


Sol, mar, piscina, calor… Não tem jeito: assim como o cabelo e a pele pedem cuidados especiais no verão, as unhas também precisam de uma atenção extra. Veja algumas dicas para mantê-las bonitas durante a sua viagem:
1) O contato com a água, areia e a própria exposição ao calor acabam tirando o brilho do esmalte! Por isso, não se esqueça de colocar na mala um extra-brilho: ele será seu principal aliado para manter o esmalte bonito durante as férias – e sem muito trabalho! Inclua o produto no seu ritual de beleza: depois de passar o hidratante após o banho, aplique uma camada de extra-brilho para deixar o esmalte quase que novinho em folha!
2) No verão, pele e cabelo pedem hidratação extra. Mas evite colocar as unhas em contato com os cremes e até mesmo o protetor solar: essas substâncias acabam tirando o brilho do esmalte!
3) Leve na mala o vidrinho de esmalte da cor que estiver usando. Com ele, você pode fazer pequenos reparos caso o esmalte lasque. É só tirar o excesso de esmalte do pincel e passar na parte descascada, até que a cor fique igual a do resto. Por fim, aplique o extra-brilho em todas as unhas.
4) Atenção às cutículas! É comum que, com a exposição ao calor, pelinhas comecem a se soltar. Para evitar isso, aposte em cremes específicos e ceras nutritivas, que você pode incluir no seu ritual de beleza de verão.
5) Se não estiver a fim de refazer a manicure durante a viagem, prefira os esmaltes clarinhos, que desbotam menos e, quando descascam, chamam menos atenção.

0

Guia do biquíni: o modelo certo para o seu tipo de corpo!



Eu tenho... Barriguinha e pneuzinho

Aposte em:
- Calcinhas de laterais mais largas, que não marcam a parte do corpo que você quer justamente disfarçar!
- Partes de baixo mais altas, que fiquem um pouco abaixo do umbigo. Ter o cós em faixa ou dobrado também ajuda a disfarçar!
- Cores escuras, listras verticais e estampas miúdas. 

Evite:
- Peças de número menor que o seu. Se não for do seu tamanho, o biquíni vai te apertar e pode criar volume até onde não existe! Fuja também de tirinhas muito finas, que apertam demais o corpo.

Eu tenho... Seios grandes
Aposte em:
- O importante aqui é dar sustentação aos seios: por isso, modelos meia-taça ou com bojo (sem enchimento!) são ideais.
- Prefira tops com alças largas, que também ajudam a sustentar os seios.
- Combine uma parte de cima mais discreta (de cor escura, por exemplo), com uma de baixo mais chamativa: isso desvia a atenção do volume dos seios!

Evite:
- Os modelos tomara que caia e cortininha. Como têm pouca sustentação, eles deixam os seios “escapando” e podem até te fazer pagar mico depois de um mergulho!

Eu tenho... Pouco peito
Aposte em:
- Tops com bojos, drapeados e torcidos e detalhes como laços, bordados e babados aumentam o volume da região.
- Aproveite para ousar nas cores e estampas na parte de cima: cores vivas e claras e desenhos grandes e coloridos criam a sensação de volume nos seios.
- Deixe o biquíni cortininha bem franzido para dar a impressão de mais volume. O tomara que caia torcido também ajuda nesse efeito!

Evite:
- Tops com alças largas e tomara que caias retos dão a impressão de seios ainda menores! Fuja!

Eu tenho... Quadril largo




Aposte em:
- O truque é procurar modelos com calcinhas mais largas ou com regulagem nas laterais, que não marcam.
- Aposte em cores escuras na calcinha e tops estampados, ou com detalhes como babados, que desviam a atenção para a parte de cima do corpo.
- Se quiser usar um modelo de amarrar do lado, dê um nó e deixe as pontas caídas: evite o lacinho, que aumenta o quadril.

Evite:
- Calcinhas muito pequenas: pela proporção visual, elas vão dar a impressão de que seu quadril é ainda maior!

Eu tenho... Pouco bumbum


Aposte em:
- Invista em calcinhas com babados, estampas grandes e coloridas (listras horizontais são ótimas!) e detalhes como laços, zíperes e bordados.
- Se estiver em forma, pode apostar nos lacinhos finos nas laterais, que dão mais volume à região.
- Calcinhas mais cavadas também dão a impressão de que o bumbum é maior!

Evite:
- Cores escuras e estampas miúdas na calcinha: assim como nas roupas, esses itens são bons para afinar e emagrecer – o que não é o objetivo no caso!

+ dicas:
Eu tenho... Flacidez: não tenha medo de investir nos maiôs! Super elegantes, eles são destaque nas passarelas e aparecem em modelos cada vez mais modernos. Ótimos para curtir a praia sem encanação.
Eu tenho... Cintura reta: biquínis com a lateral mais alta, formando um “V”, criam a ilusão de que o tronco é mais acinturado.
Eu tenho... Ombros estreitos: tops tipo frente única, com amarração e detalhes como estampas grandes e bordados dão a ilusão de volume nessa parte do corpo. Evite os tomara que caia.
Eu tenho... Ombros largos: prefira tops com alças largas e de destaque à parte de baixo: calcinhas com lacinhos nas laterais e de cores vivas equilibram a silhueta.

0

18 de dezembro de 2011


7 dicas para uma cor perfeita!














1.    Protetor solar: ele protege a pele e faz com que você se bronzeie lentamente. Sem machucar, nem descascar, nem ficar como um maracujá de gaveta daqui a uns anos. E a cor dura muito mais.
2.    Hidratante: dos bons. Para passar todos os dias depois do banho. Pele hidratada ajuda o bronze durar mais.
3.    Água: hidratar de dentro pra fora também é importante. A pele vai ficar mais saudável e o bronzeado vai durar mais. Também vale água de coco!
4.    Mamão, cenoura e couve: verduras e frutas de cor bem amarela ou bem verde são ricas em betacaroteno, uma substância de cor amarelada que entra na corrente sanguínea e se deposita na pele, dando um aspecto mais dourado ao corpo.
5.    Banho frio: água quente resseca a pele. E sabonete também! Escolha um que seja hidratante e se ensaboe apenas uma vez por dia.
6.    Caminhadas: sem ter que ficar se esturricando ao sol, você consegue pegar uma cor uniforme em todo o corpo. E ainda fica em forma!
7.    Cera de depilar: não adianta, a pele fica muito mais linda quando se tira os pêlos pela raiz (minha opinião!). Sem contar que a depilação tira a pele velha, deixando as pernas muito mais macias.

0

13 de dezembro de 2011


Treino de Verão: Perna, Bumbum, Braço, Barriga, Aeróbico

Para funcionar é preciso disciplina:
Faça o treino 2 vezes por semana, em dias alternados, para dar tempo de os músculos se recuperarem.
* As séries precisam estar difíceis o suficiente para você chegar ao último segundo de cada série no limite de sua resistência. Quando estiver fácil, aumente o peso (nesse caso, usando pesinhos).
* Mantenha o abdômen firme e concentre o trabalho nos músculos das pernas. Dor nas costas é sinal de que você está fazendo alguma coisa errada.
Prontas? Vamos lá!
Segunda e quinta: pernas e bumbum
Terça e sexta: 
braços e abdômen
Quarta: 
aeróbico
PERNA
Para funcionar:
* Você já sabe: as séries devem estar difíceis o suficiente para você chegar ao fim de cada uma no limite de sua resistência. Quando estiver fácil, aumente a carga.
* Mantenha a postura, contraia o abdômen e concentre toda a força no músculo que está sendo trabalhado.

1. AGACHAMENTO + FLEXÃO PLANTAR
Pés afastados e paralelos, joelhos levemente flexionados (a). Desça o tronco, flexionando os joelhos a 90 graus (b). Tire os calcanhares do chão (c) e volte a encostar. Retorne à posição inicial e repita o exercício.
Faça 3 séries de 15 repetições
2. AGACHAMENTO EM SEGUNDA POSIÇÃO
Pés afastados e voltados para fora. Braços à frente do corpo (a). Flexione os joelhos a 90 graus (b) e volte à posição inicial.
Faça 3 séries de 15 repetições
Bumbum
1. AFUNDO
Em pé, um pé à frente e outro atrás (a). Desça o tronco em direção ao solo, flexionando a perna de trás até formar o ângulo de 90 graus (b). Volte à posição inicial, repita o movimento 15 vezes e passe para a outra perna.
Faça 3 séries de 15 repetições com cada perna
2. EXTENSÃO DE QUADRIL COM PERNA ESTENDIDA
Em 4 apoios, uma perna estendida com a ponta do pé apoiada no chão (a). Com o pé flexionado, levante a perna estendida acima da linha do quadril (b). Desça a perna sem encostar o pé no chão. Repita 15 vezes e troque a perna.
Faça 3 séries de 15 repetições com cada perna
3. EXTENSÃO DE QUADRIL COM JOELHO FLEXIONADO
Em 4 apoios, joelhos e cotovelos apoiados no chão (a). Com o joelho a 90 graus e pé flexionado, suba uma das pernas em direção ao teto (b). Volte sem encostar o joelho no chão. Repita 15 vezes e passe para a outra perna.
Faça 3 séries de 15 repetições com cada perna
Braço
Para funcionar:
* Você já sabe: as séries devem estar difíceis o suficiente para você chegar ao fim de cada uma no limite de sua resistência. Quando estiver fácil, aumente a carga.
* Mantenha a postura, contraia o abdômen e concentre toda a força no músculo que está sendo trabalhado.
* Faça esse treino pelo menos 2 vezes na semana, em dias alternados.
1. PEITO (crucifixo)
Deitada, um pé apoiado no chão, braços abertos e palma das mãos para cima (A). Eleve os braços até juntar as mãos (B). Depois, volte a afastá-las, mas sem tocar o chão, e repita o movimento.
Faça 3 séries de 15 repetições
2. COSTAS (remada unilateral)
Joelho direito apoiado no chão, braço direito estendido, coluna reta (A). Flexione o cotovelo até 90 graus (B). Volte sem encostar a mão no chão e repita o movimento. Depois, repita a série todo com o outro braço.
Faça 3 séries de 15 repetições.
3. BÍCEPS (rosca direta)
Pés separados na linha dos quadris (A). Traga os pesos até os ombros, mantendo os cotovelos junto ao corpo (B) e volte.

Faça 3 séries de 15 repetições
4. TRÍCEPS (coice)
Uma das mãos apoiada no solo, tronco levemente inclinado. Com a outra mão, segure o halter. Cotovelo flexionado na altura do tronco (A). Estenda o braço (B) e retorne lentamente à posição inicial. Repita 15 vezes e alterne o braço.
Faça 3 séries de 15 repetições
Barriga
Para funcionar:
O exercício deve estar difícil o suficiente para você chegar ao último segundo de cada série no limite de sua resistência. Dá pra aumentar a carga usando caneleiras nos braços ou sobre o peito.
Faça os exercícios lentamente, concentrando a força no abdômen. Imagine seu umbigo indo em direção à coluna.
      1. FLEXÃO DO TRONCO COM UMA PERNA ESTENDIDA
      Deitada, um pé apoiado no chão e a outra perna estendida (A). Flexione o tronco em direção ao teto (e não às pernas) (B). Volte sem encostar os ombros no chão e repita o movimento. Quando terminar as 15 repetições, repita tudo mudando de lado.
      Faça 3 séries de 15 repetições para cada lado

      2. PRANCHA VENTRAL
      De bruços, cotovelos e joelhos apoiados no chão (A). Tire os joelhos do chão e mantenha o corpo reto, deixando apenas uma leve curvatura na coluna e contraindo o abdômen (B). Segure a posição por 30 segundos e descanse.
      Repita 5 vezes
      3. PRANCHA LATERAL
      De lado, cotovelo, quadril e pernas apoiados no chão (A). Desencoste o quadril do chão e mantenha um dos braços ao longo do corpo (B). Segure a posição por 30 segundos e descanse. Depois, repita do outro lado.
      Repita 5 vezes para cada lado
      Aeróbico

      Quem quer perder peso não pode dispensar o exercício aeróbico: ele requer muita energia e, consequentemente, queima gordura. Ou seja, para detonar os pneuzinhos tem que suar a camisa.
      Aqui vão duas opções de treino, pra você não ter desculpa. Você pode escolher um só ou alternar os dois. Importante mesmo é treinar sério (tem que transpirar!). O nosso Treino de Verão sugere um dia na semana dedicado ao treino aeróbico. Mas se seu objetivo é emagrecer, aumente para duas vezes na semana (quanto mais, melhor). Pra ficar mais motivante, chame uma amiga pra malhar com você.
      Treino 1: Corda
      Siga os passos de 1 a 5 e depois repita a série outras duas vezes. O treino deve durar 30 minutos.
      1. Pule no lugar girando a corda para a frente, alternando os pés
      tempo: 2 min. (ou 40 repetições)
      ritmo: lento
      2. Pule no lugar girando a corda para a frente com os pés unidos
      tempo: 2 min. (ou 60 repetições)
      ritmo: acelerado
      3. Pule 4 vezes no lugar e 4 deslocando o corpo para a frente
      tempo: 3 min.
      ritmo: médio
      4. Volte a pular no lugar com os pés unidos
      tempo: 2 min. (ou 60 repetições)
      ritmo: acelerado
      5. Caminhe pelo espaço para desacelerar
      tempo: 1 min.
      ritmo: médio
      Treino 2: Circuitão
      Este circuito junta patins, corrida, escada e caminhada. Siga os passos, sem dar descanso entre eles. O treino dura cerca de 30 minutos.
      1. Caminhada
      duração: 5 min.
      sensação de esforço: está fácil conversar com a sua amiga
      2. Subir escadas (ou subir e descer de um banco)
      duração: 3 min.
      sensação de esforço: sua respiração começa a ficar ofegante – fica difícil conversar
      3. Andar de patins ou bicicleta em ritmo acelerado
      duração: 6 min.
      sensação de esforço: a respiração continua ofegante
      4. Caminhada
      duração: 3 min.
      sensação de esforço: a respiração volta ao normal – já pode conversar mais um pouquinho!
      5. Pulos alternando as pernas com apoio em degrau ou calçada
      duração: 3 min.
      sensação de esforço: confira a dedicação da sua amiga. Se ela estiver falando, é porque está fácil
      6. Competição de corrida: ida correndo e volta andando
      duração – 5 min.
      sensação de esforço – Cansadíssimas
      7. Caminhada girando os braços para trás
      duração: 5 min.
      sensação de esforço: volta à calma

      0

      #REFLITA Confiança



      Um lenhador tinha um bebê e um leão em casa, o leão servia como guarda do 
      bebê. O lenhador ouvia conselhos de pessoas que diziam: o leão vai matar 
      seu filho quando ele sentir fome! Mas a sua confiança no animal era 
      muito grande. Certo dia quando o lenhador chegou em casa encontrou o 
      leão com a boca cheia de sangue. No desespero o lenhador suou frio e sem p
      ensar, acertou o machado na cabeça do leão, matando-o. Ao entrar no 
      quarto, encontrou seu filho dormindo, salvo, e ao lado do berço havia um 
      urso morto. Se você confia em alguém, não importa o que os outros digam 
      a respeito. Nunca se deixe levar. #Reflita
      0

      12 de dezembro de 2011


      5 soluções para cabelos danificados


      É impossível proteger o cabelo 100% do tempo! A chapinha, o secador, o sol – tudo contribui para expor seus fios a algum tipo de dano. Mas, calma: existem maneiras de amenizar esses estragos.
      Conheça os inimigos em potencial e veja o que fazer para resolver o seu problema:
      1. Uso frequente de chapinha, secador ou babyliss:
      Use sempre um leave-in após o banho, mesmo que já tenha passado condicionador e máscara para tratamento. Os leave-ins que tiverem protetores como silicone, queratina, anti-térmicos e que mantêm o cabelo longe das temperaturas extremas ajudam muito a recuperar o fio, mantendo-o sempre hidratado.
      2. Exposição prolongada ao sol:
      Não é só a pele que precisa de proteção. O cabelo também fica queimado e maltratado pelo sol. É por isso que existem protetores solar para o cabelo. Ele pode vir em forma de leave-in ou creme e ser usado no cabelo molhado ou seco (lembre-se de repor conforme entrar na água). Quem tem cabelo oleoso deve procurar protetores oil free. No banho, invista em uma máscara de tratamento potente para recuperar os fios!
      3. Muito tempo dentro da piscina:

      Quem faz natação ou tem o cabelo sensível ao cloro sofre com a piscina! O cloro resseca os fios e pode até deixar (mesmo!) as loiras com o cabelo esverdeado. Além de receitas naturais como passar leite, que tira o cloro e ainda dá uma tratada no cabelo, existem xampu especiais para quem nada. Use e abuse também de máscaras de hidratação, pelo menos duas vezes por semana.
      4. Muito calor:
      Não adianta, a oleosidade do couro cabeludo piora com a transpiração. Nesses casos, lave com xampu específicos para cabelo oleoso (os com menta são ótimos por conta da sensação de frescor que dão!) e mantenha um xampu a seco na bolsa: ele dá textura, disfarça o óleo e deixa o cabelo pronto pra outra!
      5. Grampos e elásticos:
      Cabelos muito finos e delicados podem ficar danificados com o uso de elástico, prendedores e grampos, já que eles se quebram facilmente e acabam ficando arrepiados. Se esse é o seu caso, lance mão doscremes e leave-in ou finalizadores anti-frizz. Mas cuidado: não exagere na aplicação — o cabelo pode acabar pesado e oleoso. Vale também apostar em produtos que prometem fortalecer o cabelo e evitar prender o cabelo molhado (quando o risco de quebra é ainda maior)


      0